PRODUTOS/SERVIÇOS

Clique no serviço que deseja informações


Análises Agronômicas


a) Análise Química e Física de Solos:

A análise de solos é uma das técnicas mais utilizadas no Brasil para avaliar a fertilidade dos solos e a necessidade de corretivos e fertilizantes para as plantas, de forma racional e econômica.

Na análise química são avaliados os seguintes parâmetros: fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, sódio, zinco, ferro, cobre, manganês, boro, matéria orgânica, acidez ativa (pH), trocável (Al) e potencial (H+Al), além da soma de bases (SB), saturação de bases (V), relação entre as bases, saturação de alumínio (m), CTC efetiva (t) e CTC a pH 7,0 (T). Os métodos podem ser conforme preconizado por PROFERT-MG, IAC-SP, EMBRAPA-CNPS ou conforme solicitação.

Também são efetuadas análises no extrato de saturação ou pasta saturada, conforme metodologia da EMBRAPA-CNPS, indicando os teores de macros e micronutrientes, acidez, razão de adsorção de sódio (RAS) e condutividade elétrica (EC). Esta análise permite avaliar os riscos de salinização dos solos e auxiliar no manejo, especialmente das lavouras fertirrigadas.

As análises físicas complementam as análises químicas no adequado manejo das adubações e são utilizadas também nos trabalhos de levantamento de solos. Expressam os teores de areia grossa, fina, silte, argila, classificação textural, densidades, capacidade de retenção de umidade e umidade.


b) Análise Química de Tecido vegetal (Foliar):  

Visa diagnosticar o estado nutricional das plantas e, junto com as análises de solos, auxiliarem na recomendação dos fertilizantes e corretivos.

As análises de tecido vegetal seguem os métodos preconizados pela USP-ESALQ e são determinados os teores de macro e micronutrientes: nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, ferro, zinco, cobre, manganês e boro, podendo incluir também o cloro, sódio, silício ou outros elementos conforme a solicitação.

Junto dos resultados são apresentados os teores adequados para cada cultura, facilitando a interpretação e a adoção de medidas corretivas.


c) Análise de Água para Irrigação:  

A análise química da água tem por objetivo avaliar sua qualidade para fins de irrigação, determinando a acidez, condutividade elétrica (EC), razão de adsorção de sódio (RAS), teores de cloreto, carbonato, bicarbonato e sulfato, além dos teores de sódio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, ferro, manganês, boro ou outros elementos conforme a solicitação.


  d) Análise de Fertilizante Orgânico:  

A análise de fertilizante orgânico (química e granulométrica) segue os métodos oficiais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, 2007) e tem por objetivo determinar a capacidade de fornecimento dos nutrientes essenciais às plantas, além de outros parâmetros que possam apresentar riscos às plantas e ao solo.

Os parâmetros analisados são: macro e micronutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, Fe, Zn, Cu, Mn e B), umidade, acidez, carbono orgânico, matéria orgânica total, matéria orgânica compostável, relação C/N, capacidade de troca de cátions (CTC), densidade seca e úmida. Além disso, são feitas as análises de coliformes termotolerantes e Salmonella sp, Cádmio, Chumbo, Cromo total, Níquel e sódio.


e) Análise de Fertilizante Mineral:

A análise de fertilizante mineral (química e granulométrica) segue a metodologia preconizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, 2007) e tem por objetivo avaliar a sua eficiência agronômica e a capacidade de liberação dos nutrientes para as plantas. São avaliados: Umidade a 60-65?C, P2O5 total, P2O5 solúvel em Ácido Cítrico 2%, P2O5 solúvel em CNA 1%, P2O5 solúvel em água, N total, N solúvel em água, K2O total, K2O solúvel em água, Ca total, Ca solúvel em água, Mg total, Mg solúvel em água, S total, S solúvel em água, Fe total, Fe solúvel em água, Zn total, Zn solúvel em água, Cu total, Cu solúvel em água, Mn total, Mn solúvel em água, B total, B solúvel em água.


f) Análise de Corretivo Agrícola:

A análise química e granulométrica de corretivo agrícola também segue os métodos oficiais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, 2007) e visa avaliar a capacidade ou eficiência desses produtos na correção da acidez dos solos, determinando ainda a Classificação quanto ao teor de óxido de magnésio (MgO), óxido de cálcio (CaO), Poder de Neutralização (PN) e Poder Relativo de Neutralização Total (PRNT).


g) Análise de Gesso Agrícola:

A análise de gesso agrícola permite avaliar os teores de CaO, S e Umidade.

Análises ambientais


a) Análise Físico-Química de Água e Efluente:

A FULLIN oferece serviços de análises para a quantificação dos principais parâmetros físico-químicos necessários à caracterização de águas e efluentes.

Os serviços analíticos oferecidos permitem a determinação de vários parâmetros, incluindo pH, condutividade elétrica, demanda química de oxigênio (DQO), demanda bioquímica de oxigênio (DBO), teores de sais e metais pesados, nitrogênio total, nitrogênio amoniacal, fósforo total, surfactantes, cor, dentre outros.

Os métodos analíticos empregados seguem o padrão do "Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater" em sua mais recente edição, atendendo às Portarias, Normas e Resoluções vigentes de acordo com a solicitação do cliente.


b) ANÁLISE DE POTABILIDADE EM ÁGUA:

Esta análise tem a finalidade de verificar a qualidade da água de acordo com os padrões definidos na portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde, quantificando os parâmetros físico-químicos e bacteriológicos da água, tais como: alumínio, cloreto, cloro, cor, dureza, metais, pH, sólidos totais dissolvidos, sulfato, sulfeto, surfactante, turbidez, coliformes termotolerantes e coliformes totais.


c) ANÁLISE BACTERIOLÓGICA EM ÁGUA E EFLUENTE:

As análises bacteriológicas têm como objetivo avaliar a presença/ausência ou quantificação de bactérias, verificando assim as características da água quanto a sua potabilidade, para que seja evitado o risco de ingestão de microrganismos causadores de doenças, geralmente provenientes da contaminação pelas fezes humanas e de outros animais de sangue quente. As bactérias do grupo coliforme constituem o principal indicador de contaminação microbiológica da água. Os principais parâmetros analisados são coliformes totais, termotolerantes e bactérias heterotróficas.


d) Coleta de Amostras para Análise Ambiental:

Um dos fatores importantes que contribuem para o bom resultado analítico, é a forma correta de coletar as amostras. Visando facilitar e oferecer maior comodidade aos nossos clientes, a FULLIN realiza as coletas de amostras, com veículo próprio e legalizado. Além de contar com um corpo técnico altamente qualificado. São elaboradas cadeias de custódias e, quando solicitado, registros fotográficos para emissão de relatórios, valorizando e transmitindo maior qualidade e segurança ao trabalho.

Preparo de soluções químicas

São preparadas as soluções químicas nas mais variadas concentrações, conforme solicitação dos clientes. Após preparo as soluções são envasadas corretamente e rotuladas com informações completas e que permitem identificação fácil e segura na embalagem. Além disso, são emitidos certificados e fichas técnicas, garantindo a rastreabilidade e podem ser entregues com total segurança em veículo próprio e legalizado para o transporte de cargas perigosas.

As soluções são destinadas aos laboratórios de análises ou industriais que utilizam reativos químicos em seus processos.

Principais soluções químicas oferecidas: Ácidos, Bases, Sais, Especiais, Padrões, Solventes, Tampões, Indicadores, Peróxidos e Padronizadas.

A FULLIN possui também autorização da Polícia Federal e do Exército para adquirir, preparar, transportar e comercializar produtos químicos controlados.

© 2010 FULLIN - Laboratório de Análise Agronômica, Ambiental e Preparo de Soluções Químicas
Av. Samuel Batista Cruz, 1099
Centro, Linhares-ES
CEP: 29.900-100

Site melhor visualizado em 1024x768 ou superior
Recomendamos o uso dos navegadores:
Mozilla Firefox Chrome Internet Explorer